O que é cidadania?


A cidadania é composta pelos direitos e deveres do cidadão. É a garantia de poder desfrutar de direitos sociais, civis e políticos e é também a obrigação de cumprir deveres perante o Estado. Inclui os direitos e garantias fundamentais e o direito de participação nas decisões que são de interesse público.

Na Constituição a cidadania é definida como um fundamento da República Federativa do Brasil e tem o objetivo de garantir que a sociedade seja construída de forma livre, justa e solidária.

Cidadania formal e cidadania substantiva

A cidadania formal é aquela que se refere à nacionalidade de uma pessoa, ou seja, a qual Estado ela pertence. Existe cidadania formal quando há o reconhecimento de que o indivíduo faz parte do Estado.

Já a cidadania substantiva (ou cidadania real) é ligada ao exercício dos direitos civis, sociais e políticos.

  • direitos civis: são as liberdade individuais como o direito à vida, à igualdade, a liberdade de expressão e pensamento e à propriedade privada;
  • direitos sociais: são aqueles que se referem ao bem estar de todos, como educação, saúde, alimentação, moradia, cultura e direitos trabalhistas;
  • direitos políticos: são as garantias de participação nas escolhas sociais, de votar e ser votado para cargos eletivos e de fazer manifestações políticas.

Cidadania, democracia e participação social

A participação social nas decisões do país é uma maneira de exercer a cidadania através dos direitos políticos. E essa participação é muito importante para ajudar a fortalecer a cidadania e concretizar a democracia do país.

Uma forma de participar dessas escolhas para exercer a sua cidadania é participar da formulação de políticas públicas no país, no seu estado ou na sua cidade.

Saiba mais sobre o que é e como participar das políticas públicas.

E-cidadania

Outra forma de participar das decisões de interesse público é através do site E-cidadania. É um site criado pelo Senado Federal, onde o cidadão pode participar mais ativamente do processo legislativo do país.

Através do E-cidadania é possível contribuir com as suas ideias, sugerir prioridades, participar de audiências públicas e debates, dar sua opinião sobre projetos de lei que estão em andamento ou deixar sua ideia para a criação de uma nova lei.

Veja também

Página publicada em 12 de Outubro de 2017 e última atualização em 12 de Outubro de 2017 às 10:10.
Aviso: Este site não está relacionado a nenhum órgão de governo, autoridade pública, empresa pública ou sociedade econômica mista.